Salário para trabalho embarcado

18 de maio de 2017

Salário para trabalho embarcado

Uma das maiores vantagens do trabalho embarcado é, sem dúvidas, o salário. Estima-se que as vagas no setor offshore ofereçam salários pelo menos 30% mais altos do que em terra. Ao acumular experiência, entre outros fatores, esse número pode se multiplicar diversas vezes.

O profissional de maior salário é o gerente de operações de plataforma, com valor inicial de R$ 30.000 e teto de R$50.000. Confira as faixas salariais do trabalhador embarcado por setor abaixo.

Salário para trabalho embarcado no setor de perfuração

O setor de perfuração, onde atuam os profissionais responsáveis por operar as sondas de perfuração, entre outras tarefas, oferece excelentes salários. Os salários dos engenheiros de petróleo, engenheiros subsea e geólogos podem variar drasticamente de acordo com a empresa, qualificação e tempo de atuação dos profissionais.

Estima-se que os valores se encontrem na faixa de R$ 8.000 a R$ 30.000 para os engenheiros de petróleo e subsea, e de R$ 6.000 a R$ 20.000 para os geólogos.

Os salários dos sondadores e encarregados pela sonda também são muito amigáveis. Os valores vão de R$ 5.000 a R$ 10.000 e R$ 15.000 a R$ 20.000, respectivamente.

O salário mais baixo nesta área pertence ao homem de área, profissional qualificado especificamente para essa função. O valor mínimo é R$ 1.500 e o máximo, R$ 4.000 .

Salário para trabalho embarcado no setor de manutenção

No setor de manutenção, o profissional com maior salário é o engenheiro chefe (ou supervisor de manutenção). A faixa salarial varia de R$ 13.000 a R$ 20.000. Outros profissionais importantes para o setor, costumam receber entre R$ 8.000 e R$ 15.000.

Entre os salários desta área, temos o supervisor de máquinas, com salários mínimo e máximo entre R$ 11.000 e R$ 15.000; o oficial de máquinas, com uma faixa de R$ 9.000 a R$ 12.000; o engenheiro, com R$ 8.000 a R$ 11.000; os supervisores de mecânica e elétrica, com R$ 8.000 a R$ 10.000; os técnicos de mecânica e elétrica, com R$ 7.000 a R$ 9.000; e os assistentes de mecânica e elétrica, com R$ 6.000 a R$ 8.000.

Neste setor, os salários mais baixos pertencem ao pintor, que recebe em torno de R$ 1.500 a R$ 4.000, e ao soldador, que recebe em torno de R$ 3.000 e R$ 6.000.

Salário para trabalho nas embarcações de apoio

No que se refere ao trabalho nas embarcações de apoio, os maiores salários pertencem aos capitães e chefe de máquinas. Estima-se que os salários mínimo e máximo dessas profissões sejam R$ 7.000 e R$ 30.000, respectivamente, mas esses números podem variar muito de acordo com a empresa e experiência do funcionário.

O segundo maior salário é o do mergulhador, que recebe em torno de R$ 12.000 e R$ 20.000 pelo seu trabalho altamente especializado. Profissionais como o imediato, oficial de náutica e condutor de máquinas possuem uma faixa salarial ampla, que inicia-se com o valor mínimo de R$ 5.000 e pode chegar até R$ 12.000 ou R$ 18.000.

Os salários mais baixos nesta área são o do taifeiro, marinheiro de convés, operador de guindaste e bombeador, com uma faixa entre R$ 3.000 e R$ 5.000. Um valor ainda superior a boa parte das opções em terra.

 

Se você tem interesse em trabalhar embarcado, confira nossos cursos. Para obter mais informações, preencha nosso formulário para contato.

Have a Comment on this?

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>