O que é preciso para trabalhar embarcado

17 de maio de 2017

O que é preciso para trabalhar embarcado

Movidos pela promessa de salário alto, folgas prolongadas e despesas baixas, muitos estão interessados em saber o que é preciso para trabalhar embarcado.

Os requisitos para trabalhar embarcado não são muitos. É necessário, em primeiro lugar, ter qualificação profissional para desempenhar a função desejada, assim como seria para um cargo em terra. Fora isso, algumas funções podem exigir capacitações ou habilitações mais específicas.

Capacitação para trabalhar embarcado

Os cursos de capacitação visam preparar os profissionais para lidar com situações de risco relacionadas a função e ambiente de trabalho. São treinamentos recomendados ou obrigatórios que garantem o desempenho de tarefas rotineiras com maior segurança e o conhecimento de procedimentos de resgate em caso de perigo iminente.

O curso de salvatagem ou CBSP (Curso Básico de Segurança de Plataforma) é o mínimo obrigatório para trabalhadores embarcados não aquaviários. Salvatagem, por definição, significa resgate, em especial marítimo. Trata-se de uma série de medidas que minimizam ou evitam desastres nas plataformas.

Outro curso relevante é o HUET (Treinamento de Escape de Aeronave Submersa). Embora não seja obrigatório, esse treinamento prepara os alunos para executarem o autoresgate em caso de queda de helicóptero no mar. Considerando que a maioria dos profissionais embarcados são transportados até as plataformas por helicóptero, é recomendável se preparar para o possível perigo.

Fora os cursos básicos, que servem para todos os trabalhadores embarcados, existem opções avançadas, voltadas para profissionais que ocupam funções ou trabalham em ambientes específicos. Alguns exemplos são o curso de movimentação de cargas, curso de trabalho em altura e curso de trabalho em espaço confinado.

Ao optar pelo trabalho offshore, é importante lembrar dos riscos inerentes às plataformas. Por esse motivo existe a necessidade de fazer cursos e treinamentos adicionais, que visam garantir a integridade física dos profissionais e o funcionamento seguro da plataforma.

Qualificação para trabalhar embarcado

Como mencionado anteriormente, assim como em qualquer emprego, o profissional deve ser qualificado para ocupar o cargo. Apesar do objetivo das plataformas, em geral, ser a extração de óleo e gás, devido à estrutura complexa das embarcações, uma enorme variedade de profissionais são necessários.

Além dos engenheiros e mecânicos, também existem profissionais de hotelaria, faxineiros, cozinheiros, nutricionistas, enfermeiros, médicos, biólogos, entre outros. Toda essa gama de profissionais garante o funcionamento estável das plataformas.

Para as pessoas interessadas em trabalhar embarcadas, mas que não possuem qualificação, existem cursos profissionalizantes para cargos offshore. São os cursos de homem de área, plataformista, torrista e sondador.

O curso de homem de área pode ser considerado uma porta de entrada para aqueles que querem ingressar no mercado de óleo e gás. Suas funções ainda são básicas, como o auxílio na movimentação de cargas e de outros profissionais superiores.

Os plataformistas, torristas e sondadores formam a equipe de perfuração, responsáveis por perfurar e fazer a manutenção dos poços de petróleo. O curso de plataformista é o passo inicial, o sondador, por sua vez, é o líder da equipe e possui qualificação como torrista e plataformista também.

Língua estrangeira para trabalhar embarcado

Apesar de não ser necessariamente um pré-requisito, é aconselhável aprender língua estrangeira, em especial inglês, para trabalhar embarcado. A grande maioria dos manuais de instrução se encontram em língua inglesa, e é provável que boa parte da equipe não fale português.

Dessa forma, o conhecimento de língua inglesa pode contribuir não só para o trabalho em equipe, mas também para o cumprimento de funções básicas que exijam a leitura dos manuais. Muitos profissionais offshore descobriram essa necessidade após embarcarem. Uma solução possível é investir nos estudos durante as folgas de 14 dias.

Se você tem interesse em trabalhar embarcado, confira nossos cursos. Para obter mais informações, preencha nosso formulário para contato.

Have a Comment on this?

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>