O que é Mestre de Cabotagem?

26 de maio de 2017

O que é Mestre de Cabotagem?

O Mestre de Cabotagem é um profissional de alto nível na carreira de Aquaviário, que atua como Comandante ou Imediato em embarcações de até 500 TAB (Toneladas de Arqueação Bruta) em alto mar.

Esse profissional pode atuar também como Supervisor de Salvatagem em plataformas petrolíferas, sendo responsável pela manutenção e operação de equipamentos de combate a incêndios e salvamento marítimo.

Entre os afazeres e responsabilidades dos Mestres de Cabotagem, estão:

  • Inspeção de equipamentos
  • Monitoramento de carga e descarga
  • Realização de serviços diversos no convés

Como é possível observar, o mestre de cabotagem é um profissional de grande importância e autoridade no ramo offshore.

A formação do Mestre de Cabotagem

Os Mestres de Cabotagem são formados nos Centros de Instrução da Marinha Mercante. A formação inclui a especialização e aprimoramento das habilidades de marinheiros com mais de quatro anos de experiência embarcados e Contramestres com mais de dois anos.

Atualmente, o Mestre de Cabotagem é o único profissional graduado pela Marinha Mercante, nível 6. É válido ressaltar que a Marinha Mercante é subordinada à Marinha Brasileira. Dessa forma, os Mestres de Cabotagem são civis, não militares.

Apesar de não ser um oficial, o Mestre de Cabotagem responde como tal e recebe as devidas obrigações e direitos de um capitão ou comandante, podendo comandar embarcações que não ultrapassem 500 TAB. Isto é, um parâmetro dimensional que  expressa o tamanho da embarcação, definido pela Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário e Normas de Autoridade Marítimas.

A formação do Mestre de Cabotagem segue os preceitos da convenção STCW e da Resolução 891 da IMO (Organização Marítima Internacional).

Cursos complementares para Aquaviários

Além da formação como Mestre de Cabotagem, existem diversos outros cursos necessários para profissionais embarcados.

Para começar, há o Curso de Salvatagem ou CBSP (Curso Básico de Segurança de Plataforma), onde são ensinadas técnicas de sobrevivência e conhecimentos básicos sobre procedimentos de segurança para trabalhadores offshore.

Complementarmente, há o curso de HUET (Treinamento de Escape de Aeronave Submersa), que ensina como sobreviver e socorrer os companheiros em caso de acidente durante o trajeto helicóptero x embarcação.

O trabalho embarcado não é simples ou livre de riscos. As embarcações localizadas em alto mar estão suscetíveis a desastres naturais, como tempestades torrenciais e maremotos. Além disso, existem os próprios riscos contidos na plataforma em si, relacionados ao manuseio de materiais químicos e instrumentos de trabalho possivelmente letais caso mal utilizados.

O salário do Mestre de Cabotagem

Assim como qualquer profissão, o salário do Mestre de Cabotagem pode variar consideravelmente de acordo com o porte da empresa. O salário médio estimado desse profissional é de R$ 6.488,79.

Estima-se que, entre os Mestres de Cabotagem, cerca de 21% possuem curso técnico e 14% possuem inglês intermediário. Aos profissionais com essas qualificações, o salário pode chegar a mais de R$ 20.000, o que depende também da experiência de cada um e da empresa para a qual trabalham.

O valor mínimo registrado é próximo de R$ 2.000. Esse salário é reservado a profissionais com pouca ou nenhuma experiência na função.

Quando se trata de salários para trabalhadores embarcados, é bom levar em consideração que existem acréscimos devido aos grandes perigos apresentados nessa área de trabalho.

Há também outros benefícios, como férias em dobro. Isso acontece devido ao formato das escalas de trabalho offshore, que fazem com que os profissionais trabalhem 28 dias embarcados e passem 28 dias descansado em casa ou qualquer outro local de prefência.

Como se tornar Mestre de Cabotagem

Apesar de ser uma profissão exigente, muitas pessoas são motivadas pelos salários e benefícios que o trabalho embarcado oferece.

Para se tornar um Mestre de Cabotagem, é necessário encaminhar-se na carreira de Aquaviário, fazendo os devidos cursos, e especializar-se na Marinha Mercante.

As vagas para essa profissão não são poucas. É possível trabalhar para empresas em todo o mundo. O mercado não se resume somente ao Brasil, e a função de Mestre de Cabotagem é de grande importância.

Considerando o mercado crescente e também a necessidade de ao menos dois profissionais de cada área por empresa, para que a embarcação sempre esteja em perfeito funcionamento, enquanto metade dos seus funcionários descansam por 28 dias, as chances de conseguir uma vaga são muitas.

Faça cursos, capacite-se e mantenha-se sempre informado para quaisquer oportunidades. Assim, conseguirá se tornar um mestre de cabotagem.

Have a Comment on this?

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>